Um dos principais problemas encontrados nos restaurantes é em relação à demora, seja no atendimento, na tomada dos pedidos ou na entrega do prato. Entretanto, com medidas simples é possível melhorar a velocidade do seu restaurante, tornando o fluxo de gestão de pedidos mais ágil e o trabalho todo mais produtivo.

Antes, porém, é preciso analisar: em quais pontos, exatamente, o seu restaurante está gastando mais tempo de forma desnecessária? Como essa demora prejudica o bom andamento de todo o trabalho dentro do estabelecimento? Essas dificuldades estão atingindo os clientes diretamente?

Fazer um levantamento dessas fraquezas pode ajudar bastante antes de implementar mudanças. Entenda melhor:

COMO ESTÁ O SEU FLUXO DE PEDIDOS?

Nessa primeira pergunta não é para pensar sobre faturamento. Mas sim para entender a velocidade do andamento dos pedidos – quanto tempo demora entre a anotação, o preparo e a entrega (seja no estabelecimento ou no sistema delivery).

Imagine o dia de maior movimento do seu restaurante. Você olha no balcão e existe uma pilha de papel de pedidos acumulado. Além disso, muitos deles quase ilegíveis (nem todo mundo tem caligrafia boa, ainda mais com pressa), o que pode causar uma enorme confusão na hora de preparar os pratos. Não dá, não é?! Por isso é tão importante compreender todo esse caminho; fica mais fácil analisar quais aspectos precisam de melhorias.

SEU RESTAURANTE FAZ UM CONTROLE DE PEDIDOS EFICIENTE?

Esse é um ponto crucial que, se não for feito de forma organizada, a preparação e, consequentemente, a entrega dos pratos ficará prejudicada. Uma estratégia bem pensada de controle do fluxo dos pedidos vai facilitar o atendimento dos clientes e a produtividade do restaurante como um todo.

Uma alternativa é investir em um programa de controle de pedidos. Com ele, você terá acesso a todos os pedidos diários, conseguindo elaborar um relatório de quantidade, valores e até horários de grande e pouco movimento do seu restaurante.

Gerenciar os pedidos de forma eficiente permite uma organização melhor do estabelecimento, o que, claro, refletirá no atendimento e na satisfação do cliente. Isso mesmo! Engana-se quem pensa que o trabalho interno do restaurante não interfere diretamente na relação com o cliente. Atinge sim e pode ser bastante prejudicial.

Depois de fazer esse levantamento, é hora de avaliar outros pontos. Confira agora mais dicas que podem otimizar a velocidade dos pedidos do seu restaurante.

EQUIPE BEM TREINADA

Profissionais bem preparados fazem o restaurante acontecer e conquistam a fidelização dos clientes. De nada adianta ter os melhores pratos da região, se os funcionários não correspondem à altura. E não pense que é só na questão do bom atendimento. Isso é o mínimo.

A equipe, quando bem treinada e preparada de acordo com as demandas do restaurante, tende a desempenhar suas funções com mais agilidade, o que refletirá no produto final – que é a entrega do prato no tempo certo e a satisfação da clientela.

Restaurantes que contam com o serviço dos garçons para a anotação dos pedidos necessitam de treinamento para melhorar suas habilidades e, assim, sempre trabalhar no ritmo que o restaurante precisa.

Os garçons precisam ter respostas prontas para todo tipo de pergunta e serem práticos no momento de tomar os pedidos. Daí a importância de investir em um bom treinamento – que, sempre que possível, deve ser refeito de forma atualizada.

ATENÇÃO COM AS COMANDAS

Restaurantes pequenos, de forma geral, optam por fazer à moda antiga, anotando os pedidos em comandas de papel. Pode funcionar muito bem, mas também pode dar um trabalho enorme em dias de grande movimento.

Uma boa saída é optar por utilizar comandas eletrônicas, o que permite que o garçom envie o pedido da mesa diretamente para a cozinha. Outra facilidade da comanda eletrônica é conseguir corrigir pedidos de maneira instantânea, sem precisar ficar reescrevendo ou trocando papéis.

Tempo é dinheiro sim! Quanto mais rápido os pedidos forem encaminhados, mais rápida será a produção dos cozinheiros e tão logo o pedido chegará ao cliente. Com essa agilidade, mais clientes serão atendidos em menos tempo.

TECNOLOGIA É O CAMINHO

Como já destacamos, utilizar a tecnologia a favor do restaurante é uma tendência e só tem a agregar positivamente ao estabelecimento. Assim como o uso de um programa de controle de pedidos, outra alternativa é optar pelo uso de um cardápio on-line dentro do restaurante.

O menu digital permite que o próprio cliente selecione o que deseja comer e automaticamente o pedido vai para a cozinha, diminuindo quase que pela metade o tempo demandado entre anotação de pedido e entrega na cozinha.

O mesmo vale para quem oferece delivery: a criação de um cardápio on-line possibilita ao cliente e ao restaurante uma agilidade duas vezes maior na hora de fazer o pedido, além de trazer ao estabelecimento um raio de alcance maior dentro da cidade (se for do interesse do proprietário).

É um investimento que até pode parecer oneroso, mas, na realidade, o custo-benefício compensa muito. A tecnologia é fundamental para um restaurante moderno que deve saber lidar com clientes cada vez mais exigentes e cada vez mais atualizados. Sempre se mantenha em evolução.

CLIENTE SATISFEITO É CLIENTE FIDELIZADO

O ponto principal de toda essa análise e busca por novas implementações que agilizem o controle e fluxo de pedidos do seu restaurante é ter a certeza de que seu cliente ficará mais do que satisfeito. E você depende da sua clientela!

Mesmo que possa parecer caro ou difícil de entender, complicado para seus funcionários se acostumarem, toda novidade demanda tempo e determinação para funcionar de verdade e trazer retornos. Não desista.

O seu feedback positivo será a volta do cliente ao seu estabelecimento. Esse é o objetivo!

Gostou das dicas? Fique de olho no nosso blog, leia mais notícias e matérias e mantenha-se sempre atualizado!