O objetivo de qualquer empresa é ter um volume de vendas em constante crescimento, para gerar ainda mais receita.  Pensando nisso, selecionamos 8 dicas para aumentar o seu número de vendas e obter ainda mais êxito no seu empreendimento. Confira!

1 - Programas de fidelidade

Nada chama mais a atenção do público do que a possibilidade de receber algo de graça. Por isso, programas de fidelidade são muito eficientes.

É algo que você, sem dúvida, pode estudar implementar no seu restaurante. A cada 10 pizzas pedidas, por exemplo, o cliente ganha uma pizza doce. Ou a cada 10 hambúrgueres, a batata frita ou a onion rings é de graça. Estes são alguns exemplos, mas existem milhões de promoções de fidelidade que podem ser feitas para atrair o seu cliente.

Esta estratégia não é nenhuma grande novidade, mas ainda é muito pequeno o número de restaurantes que coloca isso em prática, ou que ainda não divulga tão bem esta possibilidade. Portanto, é essencial mostrar para o cliente que existem esses tipos de promoções no seu restaurante e que ele vai sair na vantagem se participar.

2 - Fique de olho no calendário

Algumas datas são especiais para certos tipos de restaurantes. O Dia dos Namorados, Dia das Mães e Dia dos Pais, por exemplo, são dias em que os restaurantes tendem a estar sempre cheios. Mas, você presta atenção em todas as datas?

Existem muitas oportunidades de eventos interessantes que você pode aproveitar para atrair mais público para o seu restaurante, ou para fazer mais pedidos. Por exemplo, eventos esportivos tendem a atrair bastante público.

As pessoas costumam sair para ver um jogo em algum lugar, ou se reúnem em casa. Você pode fazer promoções específicas sempre que houver algum jogo importante. E não precisa se manter apenas nos esportes mais tradicionais. O brasileiro tem cada vez mais visto o futebol americano, e os e-sports também costumam atrair bastante público. É algo que vale a pena ficar atento, especialmente em dias em que o público não é tão grande.

3 - Traga o cliente para seu site

Se você trabalha com delivery, provavelmente usa algum aplicativo de entrega de comida. Eles certamente têm as suas vantagens, como a possibilidade de aumentar o seu alcance. Mas, uma vez que o cliente seja conquistado, por que não trazê-lo para seu ambiente próprio?

Convide ele para fazer os próximos pedidos pelo seu site oferecendo alguma bonificação ou um pequeno desconto. Além de você escolher sua margem de lucro, ainda pode fideliza-lo mais facilmente.

4 - Explore o conceito de up selling e cross selling

Dois macetes essenciais que todo restaurante precisa conhecer é o cross selling e o up selling. Vamos explicar rapidamente cada um deles.

Cross selling é a venda cruzada, que é diferente da venda casada. Esta é ilegal e você nunca deve fazê-la. Apesar disso, o cross selling tem uma ideia semelhante.

Por exemplo, imagine que o cliente chega ao seu restaurante e pede uma pizza. Você pode aproveitar o momento e oferecer uma cerveja ou refrigerante, que combina bem com a pizza. Além disso, pode oferecer também uma sobremesa.

A maioria dos restaurantes já faz isso de forma instintiva. Afinal, sempre que o cliente chega é natural oferecer uma bebida, não é? Mas, a ideia é fazer isso de forma mais estratégica.

up selling significa oferecer um produto semelhante, só que mais caro. Então, digamos que um cliente chega e pede um hambúrguer. Seu garçom pode oferecer um novo produto, com uma carne mais nobre e/ou  itens adicionais ao hambúrguer, por exemplo.

Novamente, o macete não está exatamente nos conceitos, mas sim na forma como eles são aplicados. Não adianta apenas oferecer para o cliente um produto qualquer. É preciso que o produto oferecido tenha ligação com o que ele pediu e já tem interesse, e que os argumentos sejam bem atrativos, de modo a aumentar sua vontade de comprar.

5 - Use a tecnologia a seu favor

Você conhece o conceito de geolocalização? Esta é uma forma inovadora de como fazer o seu cliente comprar mais.

Com ela, você pode oferecer promoções e fazer anúncios para as pessoas que estão passando próximo a sua loja. Por exemplo, imagine que você tem um restaurante perto de um centro comercial. Todos os dias, próximo à hora do almoço, pode disparar um anúncio ou uma promoção pelas redes sociais, para atrair o público que está perto e pensando onde comer.

Este é um exemplo, mas a tecnologia tem muito potencial. Explorá-la pode ajudar o seu restaurante a vender muito mais.

6 - Trabalhe bem os preços

Outro macete bem legal é trabalhar os preços de forma inteligente. Imagine que você quer vender um prato por R$ 15. Neste caso, você pode colocar no cardápio uma opção com mais comida, por um preço maior, digamos R$ 20. Ao fazer isso, você cumpre dois objetivos.

O primeiro é que você faz o seu preço ideal parecer ainda mais vantajoso, motivando o seu cliente a comprar. Além disso, se a diferença de preço não for tão grande, ainda pode incentivar uma parte do público a comprar o mais caro por parecer um melhor custo-benefício.

Isso pode ser aplicado no cardápio de forma mais geral. Dependendo do ticket médio do seu restaurante, você pode ter um prato acima dos R$ 100 reais. Isso chama a atenção para os mais baratos e os vendem mais. Além disso, sempre vai ter quem pede o mais caro.

É claro que qualquer estratégia destas deve ser muito bem analisada. Você precisa comparar o custo do prato mais caro e garantir que a margem de lucro de cada produto sempre está boa.

7 - Cuide do seu cardápio

Existe uma série de macetes para fazer o cliente comprar mais envolvendo o cardápio. O menu é um dos itens mais importantes do seu restaurante, pois é como o cliente vai escolher o que vai comer.

Primeiramente, procure limitar um pouco as opções. O paradoxo da escolha é algo bem real, que pode afetar seus clientes. Quanto mais opções ele tiver para pedir, na verdade, mais difícil é a escolha. Procure limitar as opções para não deixar o seu cliente perdido.

Existem alguns outros pequenos macetes no cardápio. Busque descrever bem seus pratos, evite usar o cifrão e, se os preços forem fracionados, termine com 95 centavos ao invés de 99. Estes detalhes parecem pequenos, mas podem fazer diferença.

8 - Explore os sentidos dos clientes

Por fim, aposte nos sentidos dos seus clientes. Por exemplo, já reparou que a maioria dos fast foods tem tons vermelhos ou amarelos? Estas cores despertam a fome. Fazer um pequeno vídeo mostrando a preparação dos pratos também é uma opção para aguçar o desejo dos clientes. Essas são algumas estratégias que você pode empregar no seu restaurante.

Outro ponto crucial é a música. Se o seu ambiente tocar música, até o ritmo escolhido pode fazer uma influência. Pop, rock ou outra música muito animada faz as pessoas comerem mais rápido e, consequentemente, gastar menos. Portanto, fique atento também a estes pequenos detalhes.

O que você achou destes macetes para fazer o cliente comprar mais? Vale a pena sempre testá-los no seu restaurante, e acompanhar o volume de vendas, para entender o que funcionou melhor.

E se quiser saber sempre como melhorar suas vendas, confira outros artigos do nosso blog.